Rosa Zumbi propõe debate sobre representação da população negra

Coletivo Rosa Zumbi propõe debate sobre representação da população negra em espaços de poder e política no sábado, 24

Pantera Negra, #BlackLivesMatter, #OscarSoWhite, esses são alguns dos termos que ficaram em evidência nos últimos anos quando se fala em projeção da população negra. Em sua maioria os temas são ligados à cultura pop, braço da indústria cultural que aprendeu a atender demandas de pessoas que não se sentem representadas nos outros produtos, mas e na política e espaços de decisão, como anda essa representatividade? É através dessa pergunta que o Coletivo Rosa Zumbi propõe no sábado, 24, o debate “Vamos de preto - por mais negros e negras na política”. O evento acontece das 15h às 17h no Caua da Ufam.

A mediadora do papo, Priscila Carvalho, destaca que debater é fundamental: “Favorece na medida que faz a gente compreender melhor a inserção nos espaços de privilégio. De se perceber como população negra nesse processo, além disso, entender que a desigualdade social é muito interligada à desigualdade racial no Brasil”. A assistente social pontua ainda que estatisticamente é possível apontar as desigualdades de representação com o recorte étnico no país.

Uma das convidadas para compor a mesa de debate, Michelle Andrews, também destaca o viés estatístico: “Segundo o IBGE pelo menos 54% da população brasileira se declara como negra ou parda. E é um indicador que nos assusta em como essa população não está representada no exercício dos seus direitos civis”.

Segundo o coletivo organizador, o “Vamos de Preto” é um debate sobre como equilibrar essa representação, saindo de índices estatisticamente irrelevantes para uma representação efetiva que seja equivalente na porcentagem de cadeiras no congresso, por exemplo. “O ‘Vamos de preto’ é um evento que mostra que nesses espaços de decisão política é preciso equilibrar essa representação. Esses espaços eu falo que são fóruns, poder Legislativo, diretorias de empresa, no setor público em geral”, reflete Michelle.

O que é: Debate ‘Vamos de preto - Por mais negras e negros na política’

Onde: Centro de Artes da Universidade Federal do Amazonas Caua/Ufam. Rua Monsenhor Coutinho, 724, Centro.

Quando: Sábado, dia 24. Entre 15h e 17h

Na Internet: https://goo.gl/7KG3h3

Debatedores:

Michelle Andrews – Ativista do feminismo negro, Coletivo Rosa Zumbi e Coletivo Difusão

Professora Dra. Patricia Melo - Historiadora, UFAM

Professor Dr. Fábio Nogueira - UNEB (BA), articulador do Vamos de Preto Nacional

Mediadora: Priscila Carvalho do Coletivo Rosa Zumbi.

CONTATOS

Michelle Andrews 98261-9162

Fabio Nogueira 71 9195-0927

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
NOSSO TELEFONE

(69) 99967-0085

NOSSO EMAIL
NOSSOS HORÁRIOS

Segunda a Sábado, das 08h30 às 19h.

AO LEITOR!

Nossa informação é produzida com responsabilidade e objetiva a credibilidade de nosso leitor.

PROJETO CORRENTZA

A dinâmica de produção de conteúdos da Revista Correntza é pautada na performance de intervenções artísticas e culturais. 

LINHA EDITORIAL

O projeto gráfico da Revista Correntza foi desenvolvido abraçando as novas tendências discursivas e linguagens para canais de mídias eletrônicas.

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Pinterest Social Icon
  • Instagram Social Icon

©  2018  Ondas Nucleicas  |  Criado por  Analton Alves